Top Ad 728x90

Últimas Notícias

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Ex moradora do Ramal Granada morre após grave acidente envolvendo 2 veículos na BR-364 em Ro.

Por

A jovem acreana Érica Maia de Oliveira, 20 anos, morreu nesta quarta-feira (15) no Pronto Socorro do Hospital Regional de Cacoal, em Rondônia, após ficar gravemente ferida em um acidente ocorrido na noite de terça-feira (14) no trecho da BR-364 que fica entre os municípios de Ji-Paraná e Jaru, envolvendo o táxi em que ela seguia viagem e um outro veículo que era pilotado por um médico. No momento da colisão, um homem conhecido como “Negão Mototaxi” morreu, e pelo menos outras 5 pessoas ficaram feridas.
Érica era natural de Rio Branco, capital do Acre, e  morou toda sua infância no ramal do Granada em Acrelândia, atualmente morava junto com a família na cidade rondoniense de Machadinho D’Oeste. Uma guarnição da Polícia Rodoviária Federal (PRF), atendeu a ocorrência e isolou a área onde o acidente aconteceu para a realização da perícia. Com o impacto entre os dois carros, o táxi modelo Gran Siena, capotou várias vezes na estrada e ficou totalmente destruído. Já o outro veículo, um Chevrolet Cruze, ficou parcialmente danificado.
Nas redes sociais, os amigos da jovem lamentam sua morte e desejam força à família. “Fiquei muito triste em receber a notícia de sua partida minha querida amiga. Lembro dos momentos alegres e divertidos que vivemos juntas, você sempre com seu sorriso e a gente era tão feliz. Hoje você se foi, mas tenha certeza que jamais vamos esquecer de você. Sua lembrança vai estar sempre em nossos corações. Adeus minha amada amiga”, escreveu uma amiga de Érica.


Fonte: Folha do Acre

Dono do Atacadão de Madeiras Rio Branco morre em capotamento de caminhonete na BR-364

Por

O empresário Claudenir Bonamigo, proprietário do Atacadão de Madeiras Rio Branco, morreu vítima de um acidente de trânsito na tarde desta quarta-feira (15), na BR-364, nas proximidades do município de Acrelândia.
Um funcionário dele conduzia a caminhonete quando teria desviado de um outro veículo na rotatória de acesso à Estrada do Agricultor e acabou perdendo o controle da direção.
A caminhonete capotou várias vezes e caiu em uma ribanceira às margens da rodovia. O funcionário sofreu fratura em um dos braços e após ser socorrido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi encaminhado ao Hospital Geral de Acrelândia. Bonamigo ficou preso às ferragens e morreu ainda no local.
Uma guarnição da Polícia Rodoviária Federal (PRF) isolou a área para a realização da perícia. O corpo do empresário foi recolhido por peritos do Instituto Médico Legal (IML) e trazido à sede da instituição em Rio Branco, onde após os procedimentos necessários será liberado para a família fazer o velório.

Fonte: Folha do Acre

Top Ad 728x90

Top Ad 728x90