Top Ad 728x90

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

,

Em vídeos divulgados por pastor, jovens pedem perdão e anunciam desligamento do Bonde dos 13 para “aceitar a Jesus”

O pastor Arnaldo Barros, da Igreja Geração Eleita, no bairro São Franscisco, em Rio Branco, divulgou em sua página no Facebook durante o final de semana dois vídeos em que ele aparece ao lado de jovens que resolveram se desligar do Bonde dos 13 para virar evangélico.

No vídeo divulgado no sábado, o líder espiritual apresenta Luciano, apelidado de Dez Segundos, que pede perdão ao membros da facção criminosa. Em seguida, o rapaz diz estar “aceitando a Jesus”.

“Estou me desligando porque estou aceitando a Jesus, hoje, e quero que vocês me perdoem por tudo que tenho feito com vocês”, confessa o jovem.

Antes de orar por Luciano, o pastor Arnaldo diz que o jovem “tá arrependido e tá desfazendo a aliança, o pacto que havia feito e vai estar congregando conosco na Igreja Geração Eleita”.

Ainda neste domingo, o pastor apresenta em um outro vídeo, Leonardo, vulgo Diamante, que também informa que está se desligando do Bonde dos 13 para “viver com Deus e sua família”.

Leonardo fora atingido com sete tiros e por milagre ainda está vivo. Um dos tiros deixou o rapaz cego de um o olho.

“Quero pedir perdão pra Deus e quero pedir perdão também para o Bonde dos 13 porque estou me desligando deles e quero só viver com minha família e com Deus agora”, diz ele no vídeo publicado pelo pastor.

Há três semanas, outro vídeo divulgado na internet, mostrou o pastor Clévis Mustafa, da Igreja Metodista Wesleyana da Sobral, conhecido como “Pai dos Presos” e “Anjo”, ao lado de José Suberlon Soares, de 30 anos, vítima de tentativa de homicídio, no bairro João Eduardo. Ele também seria integrante do Bonde dos 13. No vídeo, o pastor Clévis pedia aos líderes de facções, a quem ele chama de “filhos”, para que perdoassem José.

Fonte: Ac24Horas

Top Ad 728x90