Top Ad 728x90

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

,

Padre suspeito de roubo de peças sacras e pedofilia é preso em MG

Sacerdote da paróquia de Oratórios, em Minas Gerais, e outras três pessoas foram detidos pela Operação Profeta


Quatro pessoas foram presas, nesta quarta-feira (22), sob suspeita de envolvimento em roubo, receptação e venda de peças sacras. Um dos detidos foi o padre de uma paróquia de Oratórios, em Minas Gerais, que, segundo a Polícia Militar de Ponte Nova, responsável pelo patrulhamento da região, também é suspeito de pedofilia.

A Operação Profeta foi uma ação conjunta da Polícia Militar com o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG).

As investigações começaram há cerca de dois meses, após denúncia de que o padre estava pedindo muito dinheiro aos fiéis, mas os recursos não estavam sendo aplicados na paróquia.

Durante as investigações, a PM teria constatad o envolvimento do pároco com exploração sexual de menores.

Nos mandados cumpridos em Oratórios, Matipó, Rio Casca e Belo Horizonte foram apreendidas imagens sacras, peças de prata e uma quantia em dinheiro, de acordo com o site EM Digital. Na casa do padre estavam câmeras, pendrives e outras mídias com imagens comprometedoras, que serão analisadas pela polícia.

A Arquidiocese de Mariana divulgou em nota que o sacerdote está preso no Complexo Penitenciário de Ponte Nova e que ele ficará afastado de suas funções até que as investigações sejam concluídas. A instituição se mostrou disposta a colaborar com a Justiça com o que for necessário e lamentou os fatos, que “escandalizam a comunidade cristã e geram desencanto e repúdio”.

Top Ad 728x90